Ano 2020, ADEUS, Ano 2021, BEM VINDO

Querido leitor,

O ano de 2020 infelizmente não foi nada bom para o mundo como preconizei no seu início. Na minha modéstia visão, certamente tivemos muitas lições aprendidas, tais como saber gerenciar a nossa vida e projetos em um ambiente de crise pandêmica. Aprendemos também a importância da relação humana e trabalhista no sentido de formar e desenvolver projetos com times a distância e geograficamente distribuídos neste planeta. Aprendemos a trabalhar em nossos lares, com a presença de nossa família e animais e pudemos compreender a importância da relação social e política em nossas vidas.

Na minha área, pude perceber que o gestor de projetos precisa ser mais adaptável e flexível a novas situações, bem como ser resiliente e ter uma enorme empatia para com todos os envolvidos do projeto (stakeholders). Também deve tomar um enorme cuidado para não cair em arapucas tramadas por pessoas e entidades/empresas inescrupulosas que se aproveitam do momento para faturarem em cima da fragilidade de outros.

Todos ficamos perplexos com o “novo normal” imposto por uma Pandemia prevista por alguns especialistas, mas para a grande maioria planetária uma surpresa que rapidamente se espalhou e infelizmente ceifou milhares de vidas na terra. Projetos de vida e sonhos foram soterrados na eternidade. Guerras contribuíram para aumentar os indicadores de pessoas jovens que nos deixaram na defesa de sua pátria. Bárbaros se aproveitaram do momento de fragilidade que assolava a terra para expandirem seus territórios sem mesmo terem o direito a eles. Também a terra assistiu assolada na pandemia uma explosão de dimensões catastróficas no Líbano e outras milhares de pessoas perderam a vida e ou ficaram feridas e desabrigadas.

Políticos se desentenderam e mostraram a total incapacidade de união planetária. Mostraram uma grande fragilidade para conduzirem grandes causas na ajuda dos que mais precisam. Perdemos este grande momento para nos unirmos em prol do resgate dos valores humanos. Esta classe de ser humano foi incapaz de enfrentar esta grande causa que nos assolou em 2020. Pensaram em si de forma prepotente almejando ascensão política nas mídias em detrimento ao atendimento aos mais necessitados que clamavam por socorro. Políticos foram os grandes causadores das mortes no planeta e a mídia se aproveitou para ver subir, no sensacionalismo os seus índices de audiência e por vezes, articulando lados de esquerda e direita tentando manipular a massa que enojada assistia a tudo. Muitos expectadores percebendo o jogo político preferiram mudar suas fontes de informações.

A classe técnica e científica, acompanhada pela sociedade mais fragilizada, foi a que mais sofreu dos impactos políticos e que ao mesmo tempo demonstrou sua força e coragem no enfrentamento da pandemia. Estes sim, trabalharam arduamente no socorro às vítimas e desenvolveram em tempo recorde estudos para minimização desta sofrida doença denominada de COVID-19. Os mais pobres e indefesos, que mesmo sem dinheiro não tinham o que comer, puderam ter a impressionante solidariedade de uma sociedade já sofrida e impactada pela classe dominante, levantando-se com coragem e resiliência no enfrentamento de todos os problemas, levando alimento e auxílio através de doações aos que dela necessitavam. Empresários transtornados se viram também no dever de socorrer os mais necessitados, entregando vultuosas somas de contribuições pois viam que o respaldo do governo na garantia da sobrevida das pessoas era falho. Mesmo assim as perdas foram enormes. Até a data desta publicação, perdemos neste planeta, cerca de 1,6 milhões de pessoas. É como se tivesse caído nestes 9 meses o equivalente a 5.570 aviões do tipo jumbo com 300 passageiros e todos tivessem morrido.

Com tudo isto o ser humano ainda conseguiu, dentro de seu confinamento exercitar-se mais, ter uma vida mais saudável em família com união entre pais e filhos, cuidando mais de sua família em casa, alimentando-se melhor com comidas caseiras, poluindo menos o ambiente, aumentando o seu conhecimento através de centenas de “lives” e cursos gratuitos ou com preços bem accessíveis. Outros aproveitaram o momento para aumentarem sua família, reformaram suas casas, leram mais livros, aumentaram seu conhecimento de informática e empresas anteciparam e ou desenvolveram novos tipos de produtos alinhados ao novo momento. Até uma nova espaçonave foi lançada com sucesso à estação espacial ISS. Pais e mães se tornaram professores, bons cozinheiros e donos de casa…. Cada um a sua moda e necessidade tiveram grandes aprendizados e infelizmente também tivemos vultuosas perdas familiares e econômicas.

Com tudo isto, creio ainda que pudemos aprender sobre nossa nova relação trabalhista. Penso e confio que os homens passarão a conversar em ambiente onde a paz, a harmonia e união serão partes do sucesso de qualquer relação. Acho que viveremos de forma mais híbrida, ou seja, não iremos fazer mais tudo de forma presencial em nossas relações comerciais e familiares. Certamente 2020 será um ano divisor de águas. Creio que tudo será diferente após a vacinação das pessoas contra COVID neste planeta. Haverá muita festa e harmonia. Nossos padrões de moradia também serão modificados para termos condições de trabalharmos “partime” e novos produtos desta nova relação serão lançados, bem como o tratamento de saúde e a educação a distância interplanetária ganharão espaços em nossas casas.

Aprendemos na minha opinião muitass lições.... acho que devemos dar mais valor à nossa família (esta é a principal) …. outras são a valorização da natureza, o meio ambiente, o ar gratuito que respiramos todos os dias, a água que bebemos pois representam a vida. Também creio que aprendemos a respeitar mais a nossa consciência, o nosso corpo e o próximo. Precisamos dar importância ao olfato, a visão e ao paladar e assim valorizarmos a nossa vida e os alimentos que nos são oferecidos com a dádiva de Deus.

Quero finalizar pedindo a DEUS que conforte as milhares de famílias enlutadas em 2020 e saudar a vida dos que aqui continuam com saúde. Agradeço também o trabalho e a convivência de forma livre, honesta, equilibrada, respeitosa e o lindo presente de vida que recebemos todos os dias com direito a terra, água e ao ar que respiramos para termos um mundo harmônico e em paz.

SEJAM FELIZES em 2021.

João Carlos Boyadjian

8 comentários em “Ano 2020, ADEUS, Ano 2021, BEM VINDO

  1. Parabéns pelo texto. Uma análise perfeita desse momento que passamos. Que em 2021 consigamos aplicar as lições aprendidas em 2020. Feliz 2021.

    Curtir

  2. Oi professor! Estou lendo o seu texto já no início do novo ano e gostaria de agradecê-lo pela ótima reflexão… tão sincera e sensata! Finalizar meu MBA em 2020 também foi muito significativo para mim, quero dizer que o senhor, demais professores e a equipe do Pecege fizeram parte e contribuíram positivamente para que esse ano tão difícil, fosse também um ano de conquista. Desejo que 2021 seja um ano de mudanças, de consciência política e de empatia. Desejo um feliz ano pra vc e sua família!

    Curtir

    1. Muito obrigado Yanitssa. Fico feliz que gostou do texto e fico lisongeado que de alguma forma pudemos contribuir um pouco para passarmos este ano de 2020 tão difícil. Parabéns pelas suas conquistas e desejo-lhe também um ano maravilhos de 2021 para vc e todos os seus. Abraços.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s