Sustentabilidade – 1

Parafraseando Marina Silva, SUSTENTABILIDADE se consegue através do equilibrio entre o consumismo e produção e precisa-se conscientizar e educar para consegui-lo. Cabe a nós gestores de projetos colocarmos os requsitos de sustentabilidade e responsabilidade social nos nossos projetos. Procurem recuperar toda sobra de obra e reaproveita-la, mantendo e preservando a mãe natureza. Vejam o exemplo da construção do Fonte Nova. Os resíduos da demolição foram 100% reaproveitados.

Monitoramento e Controle do Projeto- 01

Monitorar e controlar o projeto requer ferramentas de apoio. Uma das melhores ferramentas de apoio para se monitorar e controlar o projeto é o estabelecimento da CURVA ‘S’ . Para se elaborar a curva S temos que ter um bom plano de recursos e de custos para que possamos associá-los às atividades e assim obtermos periodicamente um valor agregado que possa ser acumulado e por consequência, no processo de controle compararmos o realizado com o previsto e daí então efetuarmos as análises de variações e tendências utilizando o EVM (Earned Value Management).

Luto – Genocidio Armenio – 24/04/1915

Foto: Estamos de luto.

Entenda: www.genocidioarmenio.com.br

Estamos de LUTO em virtude da passagem dos 98 anos do 1o. Genocídio dos Tempos (24/04/1915) modernos cometido por Turcos Otomanos junto ao Povo Armenio. Mais de 1.500.000 pessoas foram massacradas barbaramente. Desta forma informo que hoje não haverá post sobre de Gerenciamento de Projetos. Aguardamos o reconhecimento desta barbaridade pelas autoridades brasileiras. França, Uruguai e muitos outros países já reconheceram.

Mesmo que acorrentem meus pés, amarrem minhas mãos e tapem minha boca, meu coração gritará por liberdade. (autor desconhecido)

narração de Stepan Nercessian e outros depoimentos sobre esta catastrophe. http://www.youtube.com/watch?v=fCTAlpIqD54

Gestão de Aquisições – 5

Compras técnicas são complexas e recheadas de normas técnicas e regulatórias. Assim a área de suprimentos, para garantir a precisão técnica de cada proposta se realmente o escopo e as condições de fornecimento serão ou não atendidas e se a organização fornecedora é adequada, ele  precisará se valer de especialistas não só das áreas técnicas e de áreas tais como, financeiro, jurídico, qualidade, saíde, meio ambiente e segurança para analisá-los e assim tomar a decisão da colocação do pedido.

Gestão de Riscos – 4

Não perca de vista o grau de vulnerabilidade de risco do seu projeto. Durante o processo de monitoramento e controle do projeto, invista um pouco de tempo para analisar se os riscos estão ocorrendo ou não e se o projeto está mais ou menos vulnerável. Isto é muito importante para apoiá-lo nas tomadas de decisões visando a solução de problemas.