Gestão Integrada – 7

Durante o 16o. Seminário de Gerenciamento de Projetos, em minha apresentação de Planejamento de Projetos x Plano de Gerenciamento de projetos, com casa cheia, 80% dos presentes afirmaram ter metodologia de gerenciamento de projetos e chegamos as seguintes conclusões:
O PLANO DE GERENCIAMENTO DO PROJETO
– REPRESENTA UM CONJUNTO DE REGRAS;
– REPRESENTA COMO OS PLANOS AUXILIARES SERÃO DEFINIDOS, DESENVOLVIDOS E VERIFICADOS
O PLANO DO PROJETO
– REPRESENTA TUDO AQUILO QUE SERÁ FEITO PARA QUE UM DETERMINADO OBJETIVO SEJA ALCANÇADO.
Agradeço a todos a participação nesta palestra e espero que tenha podido acrescentar um pouco a mais no conhecimento de cada participante. Vejam no menu de arquivos o conteúdo da palestra em ppt.

Anúncios

Gestão de Stakeholders – 7

Ao iniciar um projeto, inclua as partes interessadas apropriadas. Voce irá precisar delas para definir a declaração do escopo e assim eliminar riscos de não poder assegurar que os requisitos do projeto sejam melhor definidos, bem como obter uma melhoria da qualidade na definição do planejamento detalhado.

Gestão de Custos – 6

Um problema contábil que muitas vezes encontramos é que determinadas fases do projeto, mesmo encerradas, continuam tendo custos incorridos. Recomendo que haja um processo junto a contabilidade para fechar os centros de custos tão logo uma fase é encerrada. Isto evitará que as pessoas continuem alocando custos no projeto de forma equivocada.

Gestão de Tempo – 12

Ao inciar um projeto, é recopmendado que se faça um cronograma macro com os principais marcos a serem cumpridos. Ele será o guia para se detalhar o cronograma do projeto. O cronograma de resumo ou de marcos é uma boa ferramenta para o diretor executivo e para os gestores seniors.

Gestão de Escopo – 5

Nos processos de execução, gerencie suas restrições e verifique sempre as premissas com que se baseou para desenvolver o projeto. Sabe-se que por vezes elas mudam e geram novos impactos no projeto. Documente as mudanças e revise novamente o plano, mas não perca o foco das restrições pois são elementos de cobrança permanentes do cliente…

Gestão de Escopo – 4

Ao iniciar o plano do projeto, é fundamental que você defina todos requisitos necessários para se desenvolver o projeto. O cliente certamente irá cobrá-lo ao final este atendimento. Para elaborar todo o resto do plano de escopo e demais competências, é importante lembrar o time dos requisites de produto e de projeto. Isto o ajudará a ter um plano coerente às necessidades do cliente.