POST’s BOYADJIAN

PMO – Project Management Office – 1

Começar uma nova metodologia requer conhecimento das boas práticas, processos atuais existentes e documentação atual existente. Para começar é necessário efetuar importante e honesto levantamento. Para isto é necessário analisar os processos recomendados pelo PMI em seus guias padronizados e escolher os processos mais adequados para desenvolver projetos de baixa, média e alta complexidade.

Gestão de Custos – 10

Muitos gestores de projetos estão acostumados a solicitar o % de progresso de andamento de cada atividade. Isto é importante para se analisar o EV (Earned Value do projeto). Recomendo também aproveitar o processo de coleta de dados sobre o progresso do projeto utilizando o índice de desempenho de custos (CPI-Cost Performance Index) e o índice de performance sobre a programação do projeto (SPI-Schedule Performance Index) para fornecer status quantificável do projeto. Isto vai ajudar o gestor do projeto a verificar se o projeto caminha no rumo certo ou não. Se o índice estiver acima de 1 no CPI, isto que dizer que o projeto está gastando menos do que o previsto e se o CPI estiver acima de 1, quer dizer que o projeto poderá ser antecipado. Confira abaixo como obter os índices.

­Cost Performance Index – É a relação entre o custo orçado incorrido pela realização e o atual

CPI= EV/AC     EV significa o valor do trabalho realizado (custo do projeto incorrido pelo esforço realizado na data) e AC (custo real na data)

­Schedule Performance Index  – É a relação entre o trabalho executado e o planejado

SPI = EV/PV      PV-Valor planejado gastar na data

Gestão Integrada – 16

Quando estiver em processo de planejamento e antes de estabelecer um cronograma ou orçamento, considere quais os trabalhos que podem ser terceirizados. A terceira empresa ou indivíduos fazendo o trabalho tipo “otsourced” deve ser considerado como alternativa para montar a previsão de tempo e de dinheiro necessários para realizar o trabalho. Neste caso há uma integração na competência de gestão de aquisições.

Gestão de Comunicação – 10

Tenha muito atenção com stakeholders externos nos seus projetos. Eles podem prejudicar a imagem de seu projeto. Pessoas externas que comunicam-se externamente com seu projeto ficam o tempo todo de olho em suas atitudes prontas para darem o bote e deixá-lo na berlinda. Este tipo de pessoa não colabora com nada, mas deseja destroná-lo de sua função. Assim tenha muito cuidado com o que escreve e mostra na comunicação com o público externo ao projeto. Faça a identificação deste tipo de stakeholder e defina uma estratégia para minimizar o impacto negativo que ele possa lhe causar.

Palestras motivacionais para ambiente de crise

Para este inicio de ano, com tanta crise e sem saber para onde ir, os Gerentes de projetos precisam de orientação. Recomendo internalizar minha palestra

  • Gerenciando Projetos em ambiente de crise. Análise de Cenários

O que é explanado? Material analítico do ambiente econômico atual e os diversos cenários analíticos dos projetos e o que fazer em cada cenário, por exemplo, o que fazer quando há ambiente de inflação, estagflação, etc…

Veja também meu rol de palestras no site jcboyadjian.com , menu de serviços. São palestras dinâmicas com participação ativa do público do início ao fim. São 27 anos de experiencia em palestras nacionais e internacionais.

Gestão Integrada – 14

O que é a SÊXTUPLA RESTRIÇÃO em Projetos?

Os projetos tem requerido dos Gestores mais conhecimento sobre as competências de Gestão. Nota-se nesta questão que uma restrição imposta em uma competencia, influencia o equilibrio de outra. Por exemplo: se você modifica um conteúdo do escopo do projeto ou do produto, há uma influência indireta em outra competência, por exemplo, haverá uma diminuição ou aumento do prazo e assim por diante.

Cabe portanto a nós gestores, ficarmos atentos as mudanças no projeto, quer tenham sido elas ocorridas nos processos de planejamento ou durante os processos de execução, monitoramento e controle.

As 6 (seis) restrições de competências a que nos referimos e que necessitam estar sempre sendo equilibradas durante a gestão de um projeto, são:

– Gestão de Escopo, Prazo, Custo, Qualidade, Recursos Humanos e Riscos.